Ex-presidente Michel Temer é absolvido em processo de suposta corrupção

Ex-presidente Michel Temer é absolvido em processo de suposta corrupção

Foi divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo que o ex-presidente Michel Temer e mais sete outros réus investigados na Operação Radioatividade da Polícia Federal foram absolvidos no final da semana passada. A ação penal que os investigava por supostos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro foi encerrada.

Foi por causa dessa investigação que o ex-presidente foi detido em 21 de março de 2019, sendo liberado por habeas corpus dois dias depois. O juiz Marcos Vinícius Reis Bastos, da 12a. Vara Federal do Distrito Federal, considerou a denúncia “genérica” e baseada unicamente na denúncia de um dos investigados, José Antunes Sobrinho, ex-sócio da empresa Engevix. A Procuradoria-Geral da República originalmente acusou indícios de fraude em contratos firmados entre a Eletronuclear e as empresas AF Consult Ltd e Engevix, para projeto na usina nuclear de Angra 3.

Também foram beneficiados o ex-ministro Moreira Franco (Minas e Energia); o ex-presidente da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro da Silva; o sócio da Engevix, José Antunes Sobrinho; o amigo do ex-presidente João Baptista Lima Filho, o coronel Lima; e os empresários Carlos Alberto Costa, Maria Rita Fratezi e Rodrigo Castro Alves Neves.

O advogado que representa Temer, Eduardo Pizarro Carnelós, afirmou que as acusações nunca passaram de um “delírio” contra seu cliente.

Rodrigo Rocha

Rodrigo Rocha

Rodrigo Rocha da Silva Carvalho, casado nascido em 14/05/1996, no Município de Sucupira do Riachão; Curso Básico de Teologia Sistemática e Oratória; Atualmente Assessor de Comunicação da Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Sucupira do Riachão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.